Coleta Seletiva volta a ser realizada em Candelária

06/09/2011

 

Toda segunda e sexta-feira os moradores do bairro de Candelária tem um compromisso com o meio ambiente. Nesta segunda-feira (5), a Prefeitura do Natal, por meio da Urbana, lançou o programa da Coleta Seletiva no bairro. O lançamento realizado na sede do Conacan, contou com a presença da prefeita do Natal, Micarla de Sousa, do presidente do Conacan, Victor Vale, do coordenador da Água Brasila da Ong WWF, Fabio Cidrin, do presidente interino da Urbana, Sérgio Pinheiro e do presidente do Movimento Nacional dos Catadores, Severino Júnior.

“É muito bom ver que estamos chegando a mais um bairro da cidade com programa da coleta seletiva. É a certeza de que mais toneladas de materiais recicláveis serão reaproveitadas sem degradar o meio ambiente e, de que a parceria da Prefeitura com os catadores só tem a crescer”, avaliou a prefeita Micarla de Sousa.

“Da parte do Conacan fica o compromisso de mobilizar a comunidade para participar desse importante projeto que melhora muito a nossa qualidade de vida”, declarou o presidente do Conacan, Victor Vale.

O bairro de Candelária é o terceiro de Natal a retomar o programa, que tem como meta alcançar até o fim deste ano o percentual de 10% de coleta de material reciclável em Natal. Desde que foi retomado, no mês de junho, em Ponta Negra, já foram recolhidas mais de 300 toneladas de materiais recicláveis com o pioneirismo da contratação direta das cooperativas de reciclagem do município, que pelo trabalho realizado em agosto receberão cerca de R$ 10 mil.

“Temos o prazer de dizer que somos contratados pela Prefeitura para realizar nosso trabalho e que por isso estamos tendo uma vida mais digna”, disse o presidente do Movimento Nacional dos Catadores, Severino Júnior.

“Só temos a agradecer os catadores pela confiança. Essa é mais uma resposta para a sociedade sobre o trabalho sério feito pela Urbana e do compromisso dessa gestão em tocar esse trabalho pra frente, avançando na gestão dos resíduos sólidos na nossa cidade”, declarou o presidente interino da Urbana, Sérgio Pinheiro.

 

*Com informações da Secom