Festa da Padroeira de Candelária movimenta comunidade católica

A Paróquia de Nossa Senhora da Candelária promove entre os dias 28 de janeiro e 02 de fevereiro, a tradicional Festa da Padroeira. Durante o período haverá uma intensa programação religiosa e festiva, com procissão e carreata pelo bairro, missa solene, tríduo, quermesse e shows musicais. No dia 28 de janeiro será realizado o I Baile da Luz com a animação da Banda Dom Cardoso e seus Metais, a partir das 22h no clube Cepe (antiga Aspetro, no final da Avenida Ayrton Senna). No dia 29 de janeiro, abertura oficial da festa, a partir das 18h será iniciada uma carreata pelo bairro seguida de missa, que será presidida pelo Arcebispo Arquidiocesano, Dom Matias Patrício de Macedo. Já entre os dias 30 de janeiro e 01 de fevereiro, haverá uma programação fixa nos seguintes horários: 05h: caminhada; 12h: Ofício; 18h: Terço, 19h30: Tríduo e 20h30: Show e Quermesse.  E no dia 02 de fevereiro, encerrando a Festa da Padroeira 2011, será realizada uma procissão pelo bairro, a partir das 18h, encerrando com  uma missa solene, às 19h.

PEREGRINAÇÃO

Desde o dia 02 de janeiro teve início a peregrinação da imagem de Nossa Senhora da Candelária, que está visitando várias residências. Para isso, foram confeccionadas 30 imagens da santa em gesso.  Este ano com o tema “No olhar de Maria encontramos o amor de Jesus”, a Festa da Padroeira promete movimentar o bairro. De acordo com o pároco, padre Júlio César, a proposta é de que os fieis se unam e façam do momento uma bonita homenagem a Nossa Senhora. “Desejo que as pessoas participem com carinho, pois é uma festa de comunidade, com momentos fortes de oração e encontro com Deus. É importante que se descubra no olhar de Nossa Senhora, a esperança e a fé”, disse. Ainda segundo o padre Júlio, cada paroquiano deve convidar a família e amigos para participar do evento. “Viveremos três dias de muita oração e alegria. Mesmo o mês de janeiro sendo um período de veraneio, no qual muitas famílias estão nas praias, dá para se organizar previamente e não deixar de participar da celebração”, enfatiza o pároco. Toda a renda arrecada durante a festa será destinada às obras de acessibilidade da paróquia e do Centro Pastoral.